24 de maio de 2015

Temperatura das cores. Como balancear e "bater" o branco na sua câmera manualmente

Suas fotos estão saindo azuladas ou amareladas?

De câmeras SLR até celulares hoje em dia já possuem a função automática para regular o branco assim como o modo manual, mas  mas nem sempre no auto ela atende com um bom resultado.

Nesse diagrama acima, podemos ver a temperatura da cor (representada pela letra K de Kelvin) que passa pela chama de uma vela (bem avermelhado), o pôr do sol, até a luz de um flash ou de um dia nublado ao meio dia, onde a luz fica bem branca. Basicamente a cor da luz natural varia entre branco, passando pelo amarelo até o vermelho. Depois disso viriam os tons roxos, mas já são bem escuros pra fotografar, eu teria que falar de fotografia de longa exposição e não é nosso objetivo nesse artigo.

O principal motivo de escolher o modo manual de branco na sua câmera, é que em alguns momentos a câmera não consegue selecionar a fonte de luz exata que o fotógrafo quer. 

Balanço do branco no automático

Essa foto foi feita dentro de casa, com o dia nublado aproveitando a luz da janela. Reparem como ela ficou azulada, veja pelo rodapé. A maioria das pessoas cometem esse erro quando não pensa sobre ou desconhece balanço de brancos.

Balanço de branco no manual


Pode acreditar, essa foto não recebeu retoques de Photoshop ou foi iluminada de forma diferente. O fotógrafo apenas regulou sua câmera entre 6500 e 8000 K para obter esse resultado incrível perto da primeira.

Porque a câmera no balanço de branco automático não escolhe a cor quente

Nesse caso é porque a fonte de luz principal vem do céu que está com cores bem frias, mas para a câmera o ambiente tem cores mais quentes, então ela procura regular com tons mais frios.
Não importa o motivo que a cor não ficou boa, claro que se você parar pra pensar mais sobre balanço de branco, vai ficar claro se sua foto vai ficar com cores frias ou quentes demais.

Na sua câmera

Na hora de regular sua câmera, seja DSLR ou celular, provavelmente através do quadro abaixo vão ter esses símbolos da primeira coluna, que já deixa claro e que funcionam como um modo mais focado na luz pretendida, mas ainda sim é um modo automático. 
Na segunda coluna temos o número da temperatura exata em Kelvin.
E na terceira temos o nome da fonte de luz, desde um dia claro de sol a pino até a chama de uma vela, que nem sempre funciona na prática. 

A boa mesmo é clicar, olhar e regular 

Até encontrar a cor certa. Com o tempo você já vai olhar para o ambiente e saber qual é a temperatura ideal em Kelvin ou escolhendo pelos símbolos da câmera.



0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...